Pequenas dicas

1. Roubar roupa do varal

Por quê: É divertido!

O que não fazer: dar bronca mostrando a roupa no varal, ou bater. Nada disso adianta.

O que fazer: Coloque uma lata com moedas presa por um fio de náilon numa das roupas do varal. Ao puxar a roupa, a lata cai e faz barulho. Ele leva um sustão!

Depois de duas ou três vezes, acabou o problema.

 

2. Cavar buracos e estragar plantas

Por quê: Eles cavam porque gostam do cheiro ou para fazer uma toca. E eles adoram mastigar plantas!

O que fazer: Uma dica infalível é enterrar o cocô dele no buraco. Por nojo, ele não vai mais cavar lá. Faça o mesmo nos novos buracos. Para evitar que ele destrua plantas, dissolva um pouco do cocô em água e borrife nelas. Repita a cada três ou quatro dias. Se você mora em apartamento, prepare um vaso de grama ou de plantas (cuidado com as tóxicas!) só para ele.

O que não fazer: Não há sermão ou milagre que faça ele desistir de cavar a terra ou mastigar plantas…

 

3. Fizer xixi fora do lugar

Por quê: Ele não sabe onde fica o “banheiro” ou não gosta do lugar.

O que fazer: Verifique se o banheiro está afastado de onde ele come, dorme e bebe água. E veja se há espaço para uns dois xixis. Se ele gosta de usar o carpete, experimente forrar o local preferido com um tapete absorvente.

Como ensinar:Quando o animal começar a cheirar o chão dando voltinhas, leve-o ao banheiro e elogie cada acerto dando um petisco.

O que não fazer: Esfregar o focinho, bater e dar sermão só confunde. Ele quer acertar, mas entende os pitos de modo errado: “Não posso fazer xixi” ou “Não posso fazer xixi na frente da mamãe”. Tadinho…

 

4. Roer móveis e objetos

Por quê: Cães gostam de roer e mastigar – principalmente na fase de trocar os dentinhos.

O que fazer: Deixe à disposição brinquedos de texturas diferentes. Com tanta coisa legal pra roer, ele se esquecerá do carpete e do pé da mesa. Se for preciso, passe spray repelente (específico para cães, ele não agride o nariz humano) nos móveis que ele rói.

O que não fazer: Deixar ao alcance dele sapatos, óculos, bolsas e outros objetos mastigáveis.

 

5. Minhas broncas nunca resolvem

Dr. Pet responde: “O cachorro só entende uma bronca dada no flagra. É mais eficiente quando o ‘não’ for acompanhado de barulho, como bater um jornal no chão, ou um susto – spray de água no focinho, por exemplo. Com o elogio, vale o mesmo: tem de ser feito imediatamente depois do acerto. E funciona muito mais do que uma bronca.”

 

 

6. Por mais que eu tente acalmá-lo, meu cão é bravo com as visitas

Dr. Pet responde: “Se você o pegar no colo e o acariciar enquanto tenta conversar com a visita, o cachorro vai interpretar esse chamego todo como um elogio. Resultado: ele continuará bravo e rosnando pra todo mundo. Dê logo uma bronca e deixe claro que ele está errado.”

 

7. Pegar comida da pia e fuça no lixo

Por quê: Acesso fácil ao lixo e à comida.

O que fazer: Não deixe comida na beirada da pia ou da mesa. Afaste móveis que sirvam como escada e arrume um lixo difícil de abrir ou coloque um peso de porta na tampa.

O que fazer: Gritar, bater e dar bronca. Não vai funcionar.

2 comentários em “Pequenas dicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s